quinta-feira, 7 de novembro de 2019

'Fui trair meu marido polícia deu nisso', diz post no WhatsApp de jovem morta

HAVIA FOTOS DA VÍTIMA 


A mulher de um sargento da Polícia Militar (PM) identificada como Patrícia Salviano de Irthum, de 23 anos, foi encontrada morta dentro de casa, no bairro Gávea, na noite dessa segunda-feira (04/11), em Valparaíso (MG). As informações são do G1.

A vítima foi baleada na nuca, na cabeça e no peito. O detalhe macabro é que, depois do assassinato, postagens foram feitas no status do WhatsApp dela. Uma das mensagens dizia: “Fui trair meu marido polícia deu nisso”. Segundo a polícia, no status do celular dela havia foto dela morta.


Publicação no status do WhatsApp foi feita após assassinato de Patrícia Irrthum Foto: Reprodução/Redes sociais

Segundo o major Flávio Santiago, porta-voz da PM, também foram publicadas fotos do corpo dela e dizeres que incriminam o marido, que serão apuradas.

Costa é lotado no 16º batalhão da PM, que fica em Belo Horizonte, e estaria de licença médica.

A Polícia Civil apura o caso e continua em busca do militar suspeito. As investigações vão apurar a autoria, a motivação do assassinato e também quem publicou as imagens na rede social da vítima.

Patrícia Salviano Irrthum, de 23 anos, foi morta a tiros na Grande BH Foto: Reprodução/Redes sociais