sexta-feira, 21 de fevereiro de 2020

Cinco cidades no Ceará cancelam festas de carnaval devido a motim de policiais militares


Ao menos cinco cidades do Ceará cancelaram festejos de carnaval devido ao motim de parte dos policiais militares do estado.
Segundo um site de notícias do Globo, a Prefeitura de Paracuru, que realiza um dos mais tradicionais carnavais do Ceará, alega que a paralisação de policiais gera "impossibilidade de garantir segurança adequada aos foliões".
"Avaliei o momento com toda a cautela e, em nome da segurança, não só dos nossos cidadãos como dos visitantes, cheguei à conclusão de que devíamos cancelar as festividades previstas a partir do dia de hoje", afirmou o prefeito de Paracuru, Eliabe Albuquerque, nesta sexta-feira (21).
As atrações Alfazemas, Felipão e Lagosta Bronzeada estavam previstas para se apresentarem no município. O valor da verba que seria destinado ao carnaval em Paracuru será doado para a Secretaria da Saúde do estado.
Conforme a Prefeitura de Paracuru, a expectativa era receber cerca de 40 mil pessoas por dia apenas na praça matriz da cidade, onde ocorrem os principais shows. No sábado de carnaval, a estimativa era de 50 mil pessoas presentes no local.
Em Milagres, Paraipaba, Forquilha e Canindé, as prefeituras também confirmaram o cancelamento das festas previstas, devido à falta de segurança com o movimento paredistas dos policiais.