quarta-feira, 5 de fevereiro de 2020

Parnaíba e mais 138 cidades do Piauí estão sob alerta para chuvas intensas, diz Inpe

139 cidades do Piauí estão sob alerta para chuvas intensas, diz Inpe. A região note do Piauí será a mais afetada.

Parnaíba no litoral piauiense - Foto: Gleitowney Mirand

A região central e Norte do Estado do Piauí encontram-se sob alerta para risco de chuvas intensas nas próximas 48 horas, segundo o que aponta o monitoramento por satélite do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais).

Ao todo, 139 municípios piauienses encontram-se nessa zona de alerta, podendo registrar pancadas de chuvas a qualquer momento do dia. Dentre eles está Teresina, que amanheceu esta segunda-feira (03) com uma chuva forte e tempo nublado, situação que deve permanecer pelo restante do dia.
Parnaíba (PI) - Foto: Gleitowney Miranda

O alerta confirma o que a meteorologia vem prevendo para estes dias no Piauí. Por conta do Vórtice Ciclônico de Altos Níveis (VCAN), o Estado começa seu período chuvoso com precipitações volumosas. Sônia Feitosa, meteorologista da Semar (Secretaria Estadual do Meio Ambiente), explica a ação desse fenômeno no estado.

“Esse sistema [o VCAN] costuma fazer chover nas áreas de suas bordas. Como esse vórtice está se direcionando do oceano para o continente, então e, grande parte do Piauí devem acontecer chuvas volumosas por esses dias, principalmente a partir de amanhã”, diz.



Nas próximas 72 horas, o maior acumulado de chuva deve ser na região centro e Norte do Piauí devido, principalmente, à Zona de Convergência de Intertropical (ZCIT) que atua naquela área. Já nos dias seguintes, os maiores acumulados devem se concentrar da região central para o Sul.

Sônia explica que esse volume de chuva é normal para este período e que as precipitações tendem a aumentar cada vez mais a partir dos próximos dias. “No estamos no período de chuvas e estamos onde esses sistemas [VCAN e ZCIT] tendem a aumentar de intensidade. Daqui por toda essa semana ou por pelo menos uns quatro dias, o vórtice vai atuar favorável a chuvas volumosas em grande parte do Piauí”, finaliza Sônia.

Fonte: Portal O Dia | Edição