segunda-feira, 6 de abril de 2020

IGREJAS EVANGÉLICAS PERSEGUIDAS EM LUIS CORREIA-PI



No decorrer dos últimos dias, com o cumprimento do Decreto Municipal nº 156/2020 expedido no dia 19 de março do corrido ano, os líderes regionais das igrejas evangélicas tiveram que se reinventar no que diz respeito aos cultos religiosos. 

A opção acatada pela grande maioria, é fazer Lives de dentro dos templos, de forma que a mensagem possa chegar até os demais membros online no momento. 

O que vem acontecendo em Luis Correia, é que a Vigilância Sanitária, cumprindo mandato assinado pelo Prefeito Kim do Caranguejo, vem adentrando nas igrejas nos momentos em que as Lives estão acontecendo com até três membros na realização, o que não se considera aglomeração de pessoas e fica muito claro no vídeo disponibilizado, fechando os templos desrespeitando assim o direito de culto religioso, assegurado pela Constituição Federal no Art 5º, VI que assegura a inviolável liberdade de realização de cultos religiosos.