domingo, 12 de abril de 2020

Médica é morta a facadas pelo ex-marido em apartamento de Teresina

HOMEM FUGIU COM A FILHA ·


Uma médica identificada como Caroline Naiane Brito Barbosa, de 33 anos, foi morta a facadas dentro de seu apartamento na noite deste sábado (11/04), no bairro Primavera, na zona Norte de Teresina. O ex-marido da vítima é suspeito de ter cometido o crime. 




Segundo informações da Polícia Militar, a médica foi morta na frente da filha, com golpes de faca na região do pescoço. Após o crime, o ex-marido levou a filha de seis anos do casal e a deixou na casa da avó.

Vizinhos relataram ter ouvido muitos gritos antes do homem sair do local. Caroline estava em seu apartamento, que fica no segundo andar do prédio, quando o ex-marido chegou sem avisar. 


A perícia criminal já foi acionada. A motivação do crime ainda não foi identificada. A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) foi acionada e vai investigar o caso.

Caroline era formada em medicina pela Universidade Federal do Piauí. 

Suspeito do crime teria morrido em acidente

Neste sábado (11/04) às 19h30 na BR-316 na cidade de Teresina, policiais rodoviários federais atenderam a um acidente tipo colisão frontal seguido de incêndio envolvendo um veículo Chevrolet/Cruze conduzido por uma pessoa não identificada que teve óbito no local carbonizada e um veículo de carga Volvo conduzido por um homem que teve lesões leves e transportava como passageiro uma pessoa não identificada que teve lesões graves.

Informações e vestígios dão conta que o veículo de passeio colidiu frontalmente com o veículo de carga na faixa contrária. Logo após a colisão houve explosões que causaram incêndio nos dois veículos. A identificação da pessoa carbonizada ainda não foi possível devido o alto grau de dano devido o incêndio e só será possível através de exames da Polícia Civil. 

O veículo de passeio está registrado em nome de um homem supostamente acusado de cometer assassinato na cidade de Teresina na mesma noite. Os policiais ainda estão realizando diligência no sentido de identificar as possíveis causas do acidente.