sábado, 18 de abril de 2020

Uso de máscaras; infectologista tira dúvidas


O uso de máscaras será obrigatório a partir dos próximos dias em várias cidades do país como medida de proteção ao coronavírus. A norma foi publicada no Diário Oficial do Município (DOM) nesta sexta-feira e valerá por tempo indeterminado.

O anúncio havia sido feito pelo prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD), na última terça-feira (14). Quem não utilizar o item será impedido de entrar e permanecer em estabelecimentos. A fiscalização será de responsabilidade dos próprios comerciantes.
Para tirar dúvidas sobre as máscaras, a reportagem da Itatiaia conversou com o infectologista da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) Unaí Tupinambás. O item é simples e "pode ser feito de pano - de algodão, de camisas velhas, usadas, ser de duas faces, dois panos sobrepostos - e de elástico para ser mais fácil de colocar e retirar", explica.

Por que usar? 

"A máscara caseira é mais uma ferramenta importante no controle da pandemia da covid-19 (doença causada pelo novo coronavírus). O interessante é que quem usa máscara protege a pessoa que está à sua frente e se a pessoa que está na sua frente está usando a máscara ela está te protegendo. Então, eu te protejo e você me protege", diz.

Como usar?

A máscara deve ser utilizada para cobrir toda boca e o nariz e não pode ficar debaixo do queixo ou nariz. No momento de colocar e tirar, "sempre por atrás da cabeça, não colocando a mão na frente da máscara", explica Unaí.

Ele ressalta que as máscaras devem ser trocadas a cada duas horas. "Se você vai trabalhar em um regime de oito horas, você tem que levar quatro máscaras e troca a cada duas horas."

Ele também chama atenção para o toque às máscaras - não pode. O manuseio e o ajuste do item, quando colocado no rosto, deve ser feio por meio do elástico. "Sempre que você for tocar tem que lavar as mãos antes e depois", explica. 
Um saco de máscaras sujas é sugerido, para que os itens possam ser depositados após o uso.

Como limpar?

Conforme o infectologista, basta, ao chegar em casa, lavá-las com água e sabão. "Você também pode colocar em uma solução com água sanitária que também é eficaz", explica. "Após secar já estará pronto para uso."

Como me proteger do coronavírus?

"Temos três ferramentas extremamente poderosas para controlar a epidemia e até mesmo vencer: o isolamento social para quem pode ficar em casa, a lavagem de mãos, sempre lavar com água e sabão, e agora o uso de máscaras. Tenho certeza que se aderirmos aos cuidados podemos evitar mortes e antecipar o fim desta epidemia", finaliza Unaí.