quarta-feira, 13 de maio de 2020

A hipocrisia Tomou de conta do prefeito Tadeu de Magalhães de Almeida-Ma

Senhor prefeito Tadeu, os funcionários da Saúde não querem homenagens falsas,querem receber seus salários em dias. 

Vale salientar que o prefeito Tadeu em menos de 8 anos mais que dobrou seu patrimônio, não sabemos de onde que vem tanta riqueza, só sabemos que quando sair de seu governo majoritário vai acumular diversos processos na sua comarca.   


Dia 12 de maio comemora-se o Dia do Enfermeiro, queremos prestar o nosso respeito, apoio e solidariedade a todos os profissionais da área da saúde que estão diariamente, arriscando suas próprias vidas, na linha de frente combatendo o novo coronavírus. 
O Portal Rio Parnaíba, por meio desta nota, visa informar a população do município de Magalhães de Almeida o descaso do Prefeito Tadeu Sousa com saúde pública local em meio a pandemia do COVID-19. 

Salientamos que, o mesmo, usa das redes sociais para parabenizar os profissionais de saúde que atuam nesta cidade, o que é louvável mas, não informa quando irá colocar em dias os salários dos respectivos, pois alguns já somam de 6 a 7 (sete) meses sem seus vencimentos. 

Salientamos ainda que, o gestor municipal menospreza o mais elementar consenso em efetuar os devidos pagamentos. Contudo, o Ministério da Saúde realiza mensalmente os repasses de valores para as despesas da saúde do município, que incluem manutenção do hospital, postos de saúde e pagamento dos profissionais. 

E mesmo em meio à pandemia ( enfermeiros, fisioterapeutas, médicos entre outros profissionais que fazem parte da saúde pública do município ), continuam desvalorizados pelo gestor, principalmente os que atuam em postos de saúde na zona rural, onde muitos servidores públicos já abandonaram seus cargos. Os atos se tornam intempestivo, sem a menor empatia do gestor pelos profissionais de saúde. O Portal Rio Parnaíba deixa o espaço aberto ao gestor público à prestar suas declarações. 

Deixamos claro que estamos aqui para informar, prestar serviços à população exercendo a função jornalística garantida pelo art. 220 da constituição brasileira de 1988.

Veja o vídeo:






 Fonte: Rio Parnaíba