sábado, 16 de maio de 2020

Entidades emitem nota de pesar por mortes em queda de avião no CE


O Conselho Regional de Medicina do Piauí emitiu, na manhã deste sábado (16), nota de pesar sobre a morte dos médicos Carlo Victor Sousa Rodrigues e Pedro José Ferreira de Meneses. Além dos dois, o piloto Paulo César Magalhães e a enfermeira Samara Félix morreram na queda de uma avião na cidade de São Benedito, no Ceará. 

O médico Pedro Meneses foi diagnosticado com Covid-19 e estava sendo transportado por uma equipe médica para Teresina. Ele trablhava na Santa Casa de Sobral. "Os nossos sentimentos às famílias e amigos dos profissionais que sempre honraram o ofício de amor à medicina, bem como estendidos às famílias das demais vítimas", diz a nota do CRM. 

Nas redes sociais, a vice-prefeita de Sobral contou que Pedro era um profissional que fez vínculos fortes com a comunidade. Christianne Coelho o definiu como um homem "ético e competente".

"Um privilégio ter conhecido no exercício da profissão um médico com características tão peculiares... competente, humano, ético, trabalhava em equipe com o maior respeito ao fazer de cada um(a), aliava o saber técnico e científico aos saberes e as crenças populares( chás, rezas e outros), trabalhava com a participação social, com práticas integrativas, defendia o SUS e fez vínculos fortes com a equipe e com à comunidade. Minha gratidão pelo aprendizado, amizade, disponibilidade e companheirismo nos momentos alegres e mais difíceis da nossa família. Pedro, Presente", disse.






O médico Carlo Victor era cirurgião e tinha apenas 29 anos. A irmã dele, a também médica Tais Rodrigues, estava cumprindo plantão no Hospital de Campo Maior quando soube na morte do irmão pela imprensa.

Ela está em São Benedito acompanhando as buscas pelo corpo de irmão. "Na hora que eu soube eu vim", disse a médica muito abalada. Taís falou com Carlo Victor ontem, quando ele chegou na cidade.

Amiga do médico, a médica Dallara Barroso, contou ao Cidadeverde.com que ele era uma "pessoa incrível" e morreu fazendo o que mais gostava.

O Sindicato dos Enfermeiros, Auxiliares e Técnicos em Enfermagem do Estado do Piauí- SENATEPI também lamentou a morte da enfermeira Samara Felix. A profissional era coordenadora do Núcleo de Educação em Urgência do Estado do Piauí, especialista em Enfermagem em Terapia Intensiva, professora e instrutora do Núcleo de Educação em Urgência do Samu do Piauí.

"Neste momento de dor e saudade, o SENATEPI se solidariza com os familiares, amigos e colegas de Samara, que era uma enfermeira que desempenhava a profissão com amor e competência . Lamentamos ainda a morte do piloto Paulo César Magalhães Costa e dos médicos Carlo Victor Sousa Rodrigues e Pedro Meneses que estavam no avião", disse o sindicato.
Samara deixa um filho de 16 anos. 

Iracema Portela, Ciro Nogueira e Fábio Novo são alguns dos políticos que lamentaram a morte do piloto Paulo César Magalhães nas redes sociais. O "comandante PC", como era conhecido, morreu em acidente aéreo no município de São Benedito, no Ceará. O avião transportava um paciente com Covid-19 de Sobral para Teresina. 



Com mais de 40 anos de experiência, Paulo César era um dos mais renomados pilotos do Piauí e fez voos com muitas autoridades políticas em sua carreira. O secretario estadual de Cultura, deputado Fábio Novo, lembrou, em postagem feita no Instagram, um acidente que sofreu com ele no ano de 2008, na cidade de Colônia do Gurgueia, no Sul do Piauí. Novo destacou a habilidade do comandante PC e acredita que o piloto tenha feito de tudo para evitar a queda do avião no Ceará.




Izabella Pimentel
izabella@cidadeverde.com