segunda-feira, 29 de junho de 2020

Governo do Piauí volta a pedir socorro ao governo federal por falta de remédios para intubação



O governador Wellington Dias (PT) assinou ofício encaminhado pelo Fórum Nacional de Governadores ao Ministério da Saúde, solicitando a aquisição emergencial de medicamentos que compõem o chamado “kit de intubação”. Os remédios são utilizados nas Unidades de Terapia Intensiva- UTIs dos hospitais públicos para o tratamento de pacientes infectados pelo novo coronavírus.
De acordo com o governo do Piauí, a falta dos medicamentos atingiu todos os estados e está diretamente ligada à pandemia do coronavírus. A demanda provocou uma redução na produção dos insumos utilizados pelas empresas nacionais para produzir os medicamentos. Os fabricantes afirmam que não conseguiram suprir as necessidades do mercado.
O documento assinado pelos governadores reforça que o oferecimento regular dos medicamentos é de suma importância para garantir a capacidade de atendimentos dos hospitais a pacientes acometidos da Covid-19. Os governadores pedem que aquisição ocorra no mercado nacional ou internacional através da Organização Panamericana de Saúde.
O Governo do Piauí informa que tomou algumas medidas para que a população e os atendimentos médicos, que necessitem desses medicamentos, não sejam tão afetados. O Estado busca por outros fornecedores a fim de encontrar os medicamentos pelo mercado além da implantação de novos protocolos de atendimentos com a utilização de outras composições medicamentosas com o objetivo de manter a assistência a todos os pacientes.
“Estes são medicamentos essenciais para o tratamento dos casos mais graves da covid-19 e de outras doenças. A pandemia afetou o mercado mundial e por conhecer essa realidade, o Governo não irá medir esforços para garantir esses itens para o atendimento da nossa população”, destacou o secretário Florentino.
Pelo levantamento da Assistência Farmacêutica do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), pelo menos 11 medicamentos usados no processo de ventilação mecânica estão em falta nos estados. Um deles é o Rocurônio, relaxante muscular utilizado na intubação. 



Edição: Blog do Pessoa com informações do cidadeverde.com