segunda-feira, 31 de agosto de 2020

Causa da morte de jovem grávida foi ferimento cortante na barriga

SUSPEITA É UMA AMIGA

O laudo da perícia entregue à Polícia Civil nesse sábado (29/08) apontou que a causa da morte de grávida de 24 anos foi ferimento cortante no abdômen, segundo informou Paulo Alexandre Freyesleben e Silva, delegado responsável pelo caso. O parecer também apontou múltiplos ferimentos na cabeça, no pescoço e lesão aparente de defesa nos braços. As informações são do G1 SC.



 
 Reprodução

O corpo da vítima foi encontrado na manhã de sexta (28/08) em uma cerâmica desativada. Ela foi morta a tijoladas e tinha cortes na barriga provocados por estilete, segundo a Polícia Civil. A bebê não estava mais no ventre da vítima.

A suspeita é que uma amiga da vítima, de 26 anos, tenha feito uma emboscada para cometer o assassinato e ficar com a criança. Ferida, a bebê foi levada a um hospital pela suspeita e o marido. Ambos foram presos.
Corpo de mulher grávida foi encontrado em cerâmica desativada Mayara Vieira/ NSC TV

A polícia ainda aguarda pareceres pareceres sobre a criança, o local onde o corpo foi achado e da placenta da bebê, de onde será feito exame de DNA para confirmar se a menina é realmente filha da vítima.

Pedido de ajuda

A suspeita ainda fez uma publicação na internet comunicando o desaparecimento e pedindo ajuda para encontrar a vítima.
Reprodução / Facebook