segunda-feira, 7 de setembro de 2020

Vídeo: bióloga confirma presença de tubarões no litoral do Piauí e pede cuidado


Reprodução

A bióloga Geórgia Aragão confirmou em vídeo no Instagram a presença de tubarões na Praia do Coqueiro, em Luís Correia, no litoral do Piauí. Pelo menos cinco animais foram flagrados na manhã deste domingo (06/09).

"Hoje de manhã, o grupo estava nas proximidades do Aimberê. A orientação é que não se deve entrar na água. A gente não sabe qual é a espécie. De qualquer forma, por questões de segurança, não se deve entrar na água em nenhuma área do litoral do Piauí", disse Geórgia.


Segundo ela, os animais estão sendo avistados na praia do Coqueiro, mas eles não ficam fixos.

"Eles não são fixos em uma área muito curta, Nosso litoral também é muito pequeno, eles podem está lá peregrinando pelo litoral".

Ela afirmou que é um grupo de animais juvenis, mas eles já possuem o poste médio, e pediu cuidado.

"Por questão de segurança, não entre na água porque tem tubarão sim!"

Vídeo:



A Secretaria de Estado do Turismo divulgou nota nesse domingo (06/09) comunicando a presença de tubarões no litoral piauiense. A Setur informa ainda que já entrou em contato com as equipes da Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Piauí (Semar), Corpo de Bombeiros e CIPTUR, para orientação dos Turistas e pede que os mesmos evitem entrar na água.

Veja na íntegra:

A Secretaria de Estado do Turismo informa que, na manhã deste domingo (6), foi comunicada de que havia sido confirmada a presença de tubarões no litoral piauiense, precisamente na praia do Coqueiro.

A Setur informa ainda que entrou em contato com a bióloga e especialista em tubarões, Geórgia Aragão, que, em análise realizada com as imagens que circularam na primeira semana de agosto, observou um padrão de barbatana que seria de golfinho. No entanto, nesta manhã, foi avistado um grupo de cinco tubarões juvenis na mesma praia, podendo ser o mesmo grupo das imagens do dia 01 de agosto.
Segundo a especialista, através de nota, ainda não é possível identificar a espécie e que, possivelmente, os animais estão ali se alimentando de cardumes que ficam na zona de arrebentação e que os animais podem não ficar fixos em apenas uma única praia.

A Setur informa ainda que já entrou em contato com as equipes da Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Piauí (Semar), Corpo de Bombeiros e CIPTUR, para orientação dos Turistas e pede que os mesmos evitem entrar na água.