quinta-feira, 5 de novembro de 2020

Dinamarca irá matar 17 milhões de animais para evitar mutação da Covid

Foto: Patrick Reijnders / Wikimedia commons
Foi anunciado nesta quarta-feira (4) que a Dinamarca irá sacrificar mais de 17 milhões de visions, para que seja evitada uma mutação de na Covid-19, que possa influenciar o desenvolvimento de vacinas.

Segundo um site de notícias Globo, os animais, que são criados no país para a confecção de vestuários de pele, foram objetos de estudo, que indicaram que a mutação nos roedores impedem que pessoas com coronavírus criem anticorpos.

Ainda segundo o site, o comunicado foi feito pela primeira-ministra, Mette Frederiksen. A mutação foi descoberta após 12 pessoas contraírem Covid-19 de visons, sendo estes, infectados por humanos. Nenhuma das 12 adoeceu com gravidade, no entanto, produziram poucos anticorpos.

A Dinamarca já havia matado um milhão de visions, mas o Governo acreditou que a medida foi ineficaz.