segunda-feira, 11 de janeiro de 2021

Bate-boca por conta de bebedeira deixa um morto na Ilha Grande do Piauí

Contra o acusado havia mandado de prisão com base no mesmo crime, homicídio qualificado. 


A Força Tática de Parnaíba prendeu em flagrante delito por volta das 19hs deste domingo(10), o lavrador identificado como Valdemir de Sousa Rocha, 58 anos, residente à Rua São Paulo, nº 447, Ilha Grande do Piauí. 

Ele foi preso acusado de ter matado seu desafeto Renato de Oliveira Cardoso, 52 anos, com um violento golpe de faca, atingindo a região torácica da vítima. 

Ele contou que estava bebendo cachaça serrana e que Renato lhe provocou o chamando de 'fuleragem'. Ele revidou o chamando de 'pau no cu', dai começou a confusão já próximo de sua residência, localizada à Rua São Paulo, naquela Ilha. 

Após furar o desafeto, foi contido por populares, sendo entregue à polícia.
Na central de flagrantes, Valdemir Rocha foi autuado pelo delegado Rodrigo Mello no crime de homicídio qualificado. 

Contra ele havia um mandado de prisão expedido pela Vara de Execuções Penais da Comarca de Parnaíba e assinado pela juíza Maria do Perpetuo do Socorro Ivani de Vasconcelos, com base no crime de homicídio qualificado por motivação fútil, fato ocorrido em 03 de fevereiro de 2005, por volta das 11h na Travessa Dona Glória, naquela cidade, que teve como vítima Gilberto do Nascimento Soares. 

Uma das facas usada no crime apreendida pela polícia. 


Valdemir foi enviado para exame de corpo de delito nesta manhã de segunda-feira(11). 




Cópia do mandado de prisão do homicídio de 2005, lesão corporal seguida de morte. 


Quando foi preso, o tenente Souza Filho tomou conhecimento do mandado contra ele. 


Portal do Catita